Goiás faz no início e garante vitória sobre Figueirense

Time goiano vence e se aproxima do G4; o primeiro gol foi marcado no início do primeiro tempo; essa foi a estreia do Figueirense em casa; poucos torcedores compareceram ao estádio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Com pouco apoio da torcida no primeiro jogo em casa no Campeonato Brasileiro, o Figueirense perdeu para o Goiás por 1 a 0, neste domingo, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Não foi por falta de esforço: os visitantes conseguiram abrir o placar logo no começo do primeiro tempo e seguraram as investidas até o final.

O resultado manteve o Figueirense com apenas 3 pontos, na parte de baixo da tabela de classificação, dentro da zona de rebaixamento, enquanto que o Goiás atingiu os 14 e encostou no topo, entre os primeiros colocados.

No início do primeiro tempo, o time da casa até tentou atacar, mas foi desarmado em duas oportunidades. Antes da partida esquentar, o Goiás conseguiu uma falta, que foi cobrada por David para dentro da área. Vindo de trás, o zagueiro Jackson cabeceou para dentro do gol de Tiago Volpi.

Depois do gol, o Goiás ainda pressionou mais. Até os 30 minutos, o goleiro Edson pouco sentiu perigo. Foi quando o Figueirense acordou para o jogo. No minuto seguinte, uma saída errada da zaga goiana deixou a bola livre para Ricardo Bueno, que foi cortado pelo goleiro em uma defesa ousada. Aos 40, o mesmo Ricardo Bueno recebeu nova chance dentro da área, mas acabou chutando fraco.

A entrada de Dudu no lugar de Everaldo, no intervalo, deixou o Figueirense mais dinâmico no segundo tempo. Foi ele que aos 7 minutos entrou na área, driblou goleiro e marcou um gol, anulado por impedimento. Vendo o time da casa reagir, o Goiás chegou a fazer algumas alterações para deixar a equipe mais ofensiva. Apesar disso, o que funcionou mesmo foi a marcação forte e a "cera", que mantiveram o resultado até o final do jogo.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 0 x 1 GOIÁS

FIGUEIRENSE - Tiago Volpi; Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno (Jefferson) e Guilherme Lazaroni (Jean Carlos); Paulo Roberto, Luan, Marco Antônio e Giovanni Augusto; Everaldo (Dudu) e Ricardo Bueno. Técnico: Guto Ferreira.

GOIÁS - Edson; Thiago Mendes, Jackson, Alex Alves e Juliano; Amaral, David (Rodrigo), Ramon (Esquerdinha), Liniker (Erik) e Tiago Real; Danilo. Técnico: Ricardo Drubscky.

GOL - Jackson, aos 4 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Thiago Mendes e Alex Alves (Goiás).

ÁRBITRO - Nielson Nogueira Dias (PE).

RENDA - R$ 58.940,00.

PÚBLICO - 5.007 pagantes.

LOCAL - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).