Filho de Simeone é campeão argentino, enquanto time do pai é vice

O rapaz não demonstrou estar abalado pela derrota do pai na final da Liga dos Campeões; com apenas 18 anos, time do filho do técnico do Atlético de Madrid, conquistou torneio argentino

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

DIVULGAÇÃO/RIVER PLATE
undefined

A torcida do papa Francisco desta vez não foi suficiente para fazer do San Lorenzo campeão. Na noite deste sábado, em San Luis (campo neutro), no confronto entre os campeões do Torneio Apertura e Clausura do Campeonato Argentino, o River venceu por 1 a 0 e se sagrou supercampeão argentino pela primeira vez.

Giovanni Simeone, filho do técnico do Atlético de Madrid, entrou no intervalo e não se mostrou abalado com a derrota do pai na final da Liga dos Campeões, horas antes. Aos 18 anos, o jogador, nascido na Espanha, atua como atacante e faz sua primeira temporada como profissional.

"Em uma semana conquistamos dois títulos e isso é algo que não acontece toda hora", comemorou o meia Manu. Afinal, no domingo passado, o River venceu o Quilmes por 5 a 0, em casa, e faturou o Torneio Clausura, que fecha a temporada do futebol argentino. Lá, o campeonato é dividido em dois turnos e todo ano dois times são campeões. Esta é a segunda vez que se disputa a "Superfinal" entre os vencedores do Apertura e do Clausura. No ano passado, o Vélez venceu o Newell's Old Boys.

Para o River Plate, que ganhou com gol de Pezzella e conta, no seu elenco, com Maidana, Cristian Ledesma e Cavenaghi, todos com passagem pela seleção principal, além de Lanzini, ex-Flu, caiu recentemente para a segunda divisão e não conquistava um título desde 2008.  

Leia tudo sobre: Giovanni Simeonnicampeonato argentinoRiver.