Mandados de prisão em aberto passam de 16 mil

iG Minas Gerais | Luciene Câmara |

O número de foragidos em Minas vai muito além dos 29 já divulgados nas três listas do projeto Procura-se. De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), existem atualmente 16.690 mandados de prisão em aberto em todo o Estado – 2.349 apenas na capital. O governo calcula que 7.000 desses bandidos são reincidentes.  

O professor da Universidade de São Paulo (USP) especializado em políticas públicas e controle do crime Leandro Piquet defende a política de recompensa. “Tudo que ajudar a resolver o déficit de mandados tem de ser adotado”, afirma. Ele diz que, nos Estados Unidos há até agentes de captura privados, que são cidadãos comuns treinados e remunerados para localizar suspeitos.

O presidente da Comissão de Assuntos Penitenciários da Ordem dos Advogados do Brasil em Minas Gerais (OAB-MG), Adilson Rocha, acredita que expor suspeitos em programas de denúncia fere a Constituição. “Mesmo que a pessoa tenha mandado de prisão, quem tem de localizar e prender é a polícia. A exposição da pessoa prejudica a imagem dela e de seus familiares”, avalia. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave