'Não temos do que nos envergonhar", declara presidente Dilma

Pronunciamento aconteceu neste sábado (24) após às críticas do ex-atacante Ronaldo, que disse que estava envergonhado com os atrasos das obras da Copa

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Antonio Cruz / Agência Brasil
"O Mundial se aproxima e tenho certeza que o nosso País fará a Copa das Copas", declarou Dilma

A presidente Dilma Rousseff aproveitou a parte final do discurso que fez durante evento da União da Juventude Socialista, neste sábado (24), em Brasília, para responder às críticas do ex-atacante Ronaldo, que disse que estava envergonhado com os atrasos das obras da Copa.

"A Copa do Mundo se aproxima e tenho certeza que o nosso País fará a Copa das Copas. Tenho certeza da nossa capacidade. Tenho certeza do que fizemos, tenho orgulho das nossas realizações. Não temos do que nos envergonhar e não temos complexo de vira-latas", afirmou.

As declarações do ex-jogador causaram surpresa no Palácio do Planalto. Mais cedo, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, divulgou nota para rebater as críticas e disse que "a frase dita pelo Ronaldo, tomada de forma isolada, é um chute contra o próprio gol, já que ele foi parte do grande esforço para construir a Copa do Mundo". O ex-atacante é membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo.

"Estou seguro de que não só o Ronaldo, mas todos os brasileiros e turistas estrangeiros que vierem nos visitar terão orgulho, e não vergonha." Para Aldo, apontar as deficiências do País e procurar resolvê-las é dever de todos os brasileiros, principalmente daqueles que têm espírito público. "Mas sentir vergonha do País não faz parte da solução", finalizou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave