Apático, Vasco fica no empate sem gols com o Joinville

Com os reforços de Rodrigo e Edmilson, o técnico Adilson Batista escalou o Vasco em um esquema diferente daquele que o time vinha jogando. A equipe carioca foi para a partida com três zagueiros, pensando em se reforçar na defesa contra o vice-líder da competição

iG Minas Gerais | agência estado |

A Arena Joinville, em Joinville (SC), ao que parece, não parece mesmo fazer bem ao Vasco. No retorno ao estádio onde o clube caiu para a Série B do Campeonato Brasileiro no ano passado, o time fez uma partida apática neste sábado e ficou no empate por 0 a 0 contra o Joinville, em partida válida pela sétima rodada da competição.

Com os reforços de Rodrigo e Edmilson, o técnico Adilson Batista escalou o Vasco em um esquema diferente daquele que o time vinha jogando. A equipe carioca foi para a partida com três zagueiros, pensando em se reforçar na defesa contra o vice-líder da competição e em explorar os contragolpes com o avanço de seus alas.

Mas, no primeiro tempo, o que se viu foi um Vasco confuso. O trio de zagueiros em mais de uma vez bateu cabeça na defesa e o time levou pouco perigo nos avanços pelos lados. De quebra, as melhores chances foram do Joinville - Tartá, aos 21, e Edgar Junio, no minuto seguinte, obrigaram Diogo Silva a fazer duas defesas importantes.

Na etapa complementar, Adilson Batista sacou o atacante Rafael Silva e colocou Yago em campo. Apesar de o Vasco aumentar a sua posse de bola no campo de ataque, o time seguiu apático e concluindo pouco. E, na única vez em que teve a chance de definir o marcador, aos 37 minutos, Edmilson perdeu cara a cara com o goleiro Ivan.

Leia tudo sobre: vascofutebol