Atirador mata três e fere um em museu judaico na Bélgica

O suspeito continua foragido; as vítimas não tiveram a identidade revelada; governo anuncia aumento na segurança para o povo judeu que vive no país

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um atirador invadiu na tarde deste sábado (24), um Museu Judaico, em Bruxelas, na capital da Bélgica e matou dois homens e uma mulher. Uma quarta pessoa ficou ferida.

O suspeito, que ainda não foi identificado, parou seu veículo em frente ao museu, desceu com uma mochila e efetuou diversos disparos na entrada do recinto.

De acordo com informações da imprensa belga, o homem retornou para o carro e fugiu.

As autoridades locais anunciaram o aumento nas medidas de segurança nos locais frequentados por judeus em todo o país.

O primeiro-ministro da Bélgica, Elio Di Rupo, disse que o governo está tentado de todas as formas identificar e capturar o responsável pelo ataque.

Atualmente, cerca de 42 mil judeus vivem no país. Metade, só na capital.

Leia tudo sobre: BruxelasBélgicaataque