Técnico minimiza possível adeus do volante Nilton

iG Minas Gerais |

A situação do volante Nilton nos bastidores do Cruzeiro continua misteriosa, e a diretoria e a comissão técnica do clube se esquivam sobre o assunto. Na manhã de ontem, o técnico Marcelo Oliveira concedeu entrevista coletiva e tentou se esquivar sobre a possível negociação do jogador com a Inter de Milão.

Primeiro, o comandante celeste explicou a não escalação do volante na última partida, contra o Sport, e a sequente decisão da diretoria celeste em liberar o jogador. “Ele estava com uma dor na perna (para a última partida). Não tinha contusão, estava inseguro para jogar. Posteriormente foi liberado pela diretoria para resolver problemas particulares. Aí, é mais uma questão da diretoria do que da parte técnica”, disse Marcelo Oliveira ontem.

Na mira da Inter de Milão (ITA), Nilton foi para a Itália na noite de ontem com o diretor de futebol Alexandre Mattos e, claro, não viajará com o Cruzeiro para o Sul do país, onde o Cruzeiro enfrenta o Inter, às 18h30, amanhã, no estádio Centenário.

Diante dessa possibilidade, o técnico Marcelo Oliveira deixa claro que será uma perda considerável, mas o Cruzeiro já mostrou que pode obter bons resultados sem o volante em campo. “Nenhum dos jogadores é insubstituível. Se houver uma coisa diferente no Cruzeiro, a gente tem de valorizar os que estão aqui. Já jogamos bem com e sem o Nilton. Então, é aguardar qualquer situação que possa acontecer para que tenhamos tranquilidade para dar sequência no trabalho”, finalizou o treinador. (FA/Guilherme Guimarães)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave