Secretaria nega novas demissões na Rede Minas

iG Minas Gerais | Suellen Amorim |

A Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais rebateu ontem denúncias feitas por servidores da Rede Minas, publicadas por O TEMPO, e negou que tenha retomado as demissões na emissora estatal.

A assessoria da pasta informou, por meio de nota, que 58 pessoas foram demitidas e readmitidas antes da nomeação dos aprovados em concurso público com o objetivo de mudança no formato das contratações. Ainda de acordo com o documento, outros 54 funcionários não teriam aceitado estender a permanência na emissora até a posse dos novos funcionários, apesar dos pedidos da empresa. Essas pessoas, segundo a secretaria, cumprem aviso prévio.

A pasta ainda informa que o novo concurso deve ter o resultado final divulgado no dia 31 de maio, quando está prevista a data de posse dos novos funcionários da TV.

Quanto à exclusão do programa “Diverso”, a secretaria informou que a atração era uma parceria entre a emissora e a TV Brasil, que teria cancelado o repasse dos recursos previstos para este ano. Mas que os outros 21 programas produzidos pela TV Brasil serão mantidos na programação, apesar da grade seguir passando por mudanças.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave