Nerds e geeks querem derrubar o estigma de preconceituosos

Grupo promove encontro especial contra homofobia em BH

iG Minas Gerais | GUILHERME ÁVILA |

Administrador da loja, Rafael Ernest, aprova a iniciativa
douglas magno
Administrador da loja, Rafael Ernest, aprova a iniciativa

A loja de games Kobold's Den, localizada na Savassi, zona Sul de Belo Horizonte, organizou para hoje um evento especial contra homofobia entre a galera nerd e geek da capital mineira. Mais do que uma oportunidade para que jovens gays possam se conhecer e encontrar companhia para experimentar jogos de tabuleiro, cartas e interpretação de personagem (RPGs), o “Queer Gaming Night” busca iniciar um diálogo mais amplo neste ambiente onde o machismo ainda é visto como algo natural.

“Um papo recorrente na comunidade nerd que faço parte é o tanto que essa galera pode ser preconceituosa, já que é um meio cheio de homens heterossexuais. Nosso objetivo é criar ambientes mais inclusivos, em que qualquer um possa se soltar. Já presenciei momentos bem tristes atrelados ao tanto que o pessoal é cabeça dura”, explica o organizador e designer de jogos Vinícius ‘Encho’ Chagas, de 28 anos.

“Acredito que essa seja a melhor forma de tirar do armário aqueles que se achavam sem aliados e também de revelar alguns babacões infiltrados. Particularmente curto muito botar o dedo na ferida dessa gente escrota, fechadinha e não declarada”, completa. Chagas ressalta que essa iniciativa não é exclusiva para turma dos “gaymers”.

Ele garante que, se o evento fizer sucesso, será apenas o primeiro de uma série de encontros “gay friendly”. Os organizadores do QGN esperam aproveitar a oportunidade para ajudar os jovens da comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transsexuais) encararem sua condição de gay com mais naturalidade, incentivando a convivência e o diálogo com pessoas engajadas, independentemente da orientação sexual, sobre este e outros tipos de preconceitos.

“Somos pessoas iguais, com os mesmos hobbies e interesses, separados apenas por uma questão de foro pessoal. É importante pra mostrar ao público hétero que não somos diferentes, e mostrar ao público LGBT que podemos ser quem somos livremente. A cultura gay de certo modo exclui os nerds, já que seriam ‘f'ora do padrão’ vigente”, diz Raphael Ernesto, 34, administrador da loja Geek Nerdstore.

O encontro está marcado para as 20h deste sábado. O endereço é rua Alagoas, 1.460, loja 19, na Savassi.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave