Delgado: “não será um sacrifício”

iG Minas Gerais |

O presidente do PSB em Minas, o deputado federal Júlio Delgado, disse que uma possível pré-candidatura ao governo de Minas não será um “sacrifício”. “Eu sou amigo do Aécio sim, mas tenho compromisso com o meu partido. Não encaro nenhuma tarefa da minha vida como sacrifício e não sou apegado a cargo político.”

Segundo ele, quando Eduardo Campos disse anteontem que aparentemente o PSB tem preferência pela candidatura dele, o presidenciável o aponta como o único caminho à polarização entre PSDB e PT. “Acho que ninguém, nem mesmo o Apolo Heringer, tem como acolher esse sentimento de mudança”.

Júlio Delgado, porém, não refuta a hipótese de que a sigla opte por manter a aliança com o PSDB mesmo com as sinalizações contrárias. Ele, que está sendo acusado por Apolo de omitir dados sobre o PSB, dificultando sua pré-candidatura, rebateu o ambientalista. “As regras estão no estatuto do partido”, disse.

A Juventude do PSB decidiu, ontem, colocar o nome do ex-secretário de Desenvolvimento Econômico d de Montes Claros Igor Versiani para a composição da chapa majoritária.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave