Um anjo chamado Vitória

Tiergaten é ‘Central Park’ alemão; KaDeWe é a Macy’s de lá com toda pompa

iG Minas Gerais | Paulo Campos |

Coluna da Vitória tem 8,3 m de altura, pesa 35 t e foi projetada por Friedrich Drake. Berlinenses, com sua predileção por dar apelidos aos edifícios, a chamam de Goldelse. Para chegar ao topo, é preciso subir 278 degraus
Milton Luiz
Coluna da Vitória tem 8,3 m de altura, pesa 35 t e foi projetada por Friedrich Drake. Berlinenses, com sua predileção por dar apelidos aos edifícios, a chamam de Goldelse. Para chegar ao topo, é preciso subir 278 degraus

A parte mais turística de Berlim está no lado Oriental. No lado Ocidental, o interesse recai sobre o Tiergaten, uma espécie de Central Park alemão, do outro do lado do Portão de Brandemburgo. Pelas alamedas verdes é possível ver moradores correndo, fazendo ginástica, meditação ou, simplesmente, namorando. É um oásis de tranquilidade dentro dessa metrópole de 3,5 milhões de habitantes.

Muitos turistas que atravessam o parque estão interessados em um momento: fotografar a deusa Vitória, na verdade um anjo dourado sobre um imenso pedestal, que aparece no filme “Asas do Desejo”, de Wim Wenders.

A coluna da Vitória está no meio do parque, em uma rotatória chamada Grande Estrela, que dá acesso a cinco avenidas como uma estrela de cinco pontas. Foi erguida para festejar a vitória da Prússia na guerra contra a Dinamarca em 1864. O ingresso custa 3 euros com o Berlim Welcome.

Os mais empolgados podem subir os 285 degraus de uma estreita escada em espiral que levam até o topo. Nas salas circulares, há exposição com maquetes de cartões-postais de diversas cidades do mundo, como a Torre Eiffel, o Big Ben e o Coliseu.

Dali, vale apanhar um táxi até o castelo Charlottenburg, antiga residência da família real Hohenzollern, construída para a rainha Sophie Charlotte. Ideal para caminhar pelos jardins e visitar os salões barrocos, além do magnífico gabinete de porcelana.

O turista mais experimentado pode reclamar que Charlottenburg não tem a riqueza do Palácio de Versailles, próximo a Paris, ou o charme de Schönbrunn, em Viena. Mesmo assim, compensa uma visita.

Compras

Depois, é descer a Kurfürstendamm para apreciar as vitrines da mais famosa via comercial da cidade, com lojas de luxo e populares lado a lado. Sua continuação, a rua Tauentzienstraße, esconde um templo de consumo, a loja de departamento KaDeWe, uma espécie de Macy’s alemã. No Kaufhaus des Westens, nove pisos oferecem, a preços convidativos, opções de compras para homens, mulheres e crianças. Mas o que vai seduzir os viajantes, especialmente os gourmets, é a seção de gastronomia, algo tentador para alemães.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave