Sob o céu de Berlim

Multicultural, cidade tem vida vibrante e noite mais agitada da Europa

iG Minas Gerais | Paulo Campos |

Berlim
Milton Luiz
Berlim

Berlim é hoje a terceira capital mais visitada da Europa, atrás apenas de Londres e Paris. É uma cidade fantástica, que só agora está sendo descoberta pelos brasileiros. Difícil é não trombar com um conterrâneo pelas ruas dessa metrópole frenética, que recebe, anualmente, cerca de 11 milhões de turistas de todo o mundo.

O fascínio que Berlim exerce sobre os visitantes se explica facilmente. Destruída durante os bombardeios aliados na Segunda Guerra, a cidade renasceu das cinzas, preservou sua história, se modernizou e hoje é um caldeirão, com atrações turísticas, noite vibrante e eventos culturais.

Com a queda do muro, em 1989, a capital alemã se abriu para o mundo, ficou acessível e multicultural. Monumentais edifícios históricos contrastam com arranhas-céus em aço e vidro. Boa parte da cidade está coberta de tapumes e obras, que refletem o atual momento de crescimento da Alemanha.

Um conselho útil é planejar a viagem com prazo. Dois ou três meses antes de embarcar, entre no site do escritório de turismo de Berlim (www.visitberlin.de), que tem versão em 12 idiomas, entre eles o português, e confira a programação cultural e compre ingressos dos atrativos com antecedência.

Outra sugestão é adquirir um Berlin Welcome Card, cartão que oferece acesso gratuito ao transporte público e descontos de até 50% nos atrativos, teatros, museus, restaurantes, aluguel de bikes, passeios de barco e excursões de ônibus. É um ótimo custo-benefício para quem permanece na cidade por mais de três dias.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave