Aécio ganha apoio do PP do RS

iG Minas Gerais |

Porto Alegre. O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, senador Aécio Neves (MG), vai ganhar hoje o palanque do PP no Rio Grande do Sul.

Trata-se de um reforço importante para a campanha, sobretudo porque há poucos meses a perspectiva era de só contar com a força do próprio partido em um Estado em que a estrutura dos tucanos é menor que a do PMDB, PP, PT e PDT.

O novo aliado tem a candidata que lidera as pesquisas para o governo do Estado, a senadora Ana Amélia Lemos, 136 prefeitos,115 vice-prefeitos e diretórios em todos os 497 municípios. O Solidariedade também participa da aliança.

“O PP do Rio Grande do Sul sempre divergiu do diretório nacional e nunca apoiou o PT”, destaca o presidente regional do partido, Celso Bernardi. “Essa aliança deixa clara nossa posição na campanha presidencial e não precisa ser explicada porque sempre andamos juntos por aqui.”

Para Bernardi, Aécio ganha a força do PP, sua estrutura e uma candidata ao governo do Estado que já tem o capital político de 3,4 milhões de votos na primeira campanha que fez, para o Senado, em 2010. E o PP, que tende a concorrer com chances de ganhar o Piratini depois de cinco eleições como coadjuvante, será reforçado com bases que deram a vitória aos tucanos nas prefeituras de Pelotas, São Leopoldo e Viamão em 2012. O ato político está previsto para o início da tarde na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. Além de

O acordo entre o PSDB e o PP foi selado depois de uma reviravolta política. Até o final do ano passado era dada como certa a aliança do PP com o PSB, mas divergências com a ex-ministra Marina Silva, mudou o quadro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave