Em jogo sem torcida, América empata com Santa Cruz e segue líder

Duelo com portões fechados no estádio dos Aflitos terminou em 1 a 1 e Coelho estendeu invencibilidade para sete jogos

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Em jogo marcado pela ausência da torcida, que com a punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) não pode comparecer ao estádio dos Aflitos, o América empatou em 1 a 1 com o Santa Cruz-PE, nesta noite, em jogo válido pela sétima rodada da Série B. O Coelho completou sete jogos de invencibilidade na competição e se manteve na liderança isolada da tabela, mas o time desperdiçou a chance de repetir a sequência de seis vitórias seguidas obtida pelo clube em 1973. A Cobra Coral também continua sem perder no Brasileirão, mas os pernambucanos têm sete empates em sete jogos.

Preocupado com a sequência de jogos na Série B, antes da parada da competição para a disputa da Copa do Mundo o América ainda vai fazer mais três jogos em apenas oito dias, o técnico do América, Moacir Júnior, decidiu poupar o volante Leandro Guerreiro e começar com o lateral-direito Elsinho no banco de reservas. Com isso, Pablo foi improvisado na ala direita e Thiago Santos ganhou a vaga no meio-campo. Andrei voltou ao time após cumprir suspensão automática, enquanto Willians e Mancini dividiram a responsabilidade de armar as jogadas para os atacantes Ricardinho e Obina.

Com um time mais técnico, o América encontrava dificuldades para se adaptar as condições irregulares do gramado e tinha problemas para chegar com a bola dominada ao ataque. A melhor chance alviverde na etapa complementa saiu aos 9 min. Willians recebeu na área e bateu cruzado para a defesa do goleiro Tiago Cardoso. O Santa Cruz-PE chegava em velocidade pelas laterais, e se aproveitando de alguns erros de marcação da defensiva americanca criou as melhores chances em jogadas dos atacantes Pingo e Léo Gamalho.

O América voltou melhor para a etapa complementar, mas foi o Santa Cruz-PE, aos 8 min, que acabou abrindo o placar. Everton Sena cruzou da esquerda e a bola sobrou para Danilo Pires, que bateu sem chances para o goleiro Matheus. O Coelho continuava encontrando dificuldades de adaptação com o gramado, mas criou uma boa chance de chegar aos empate aos 11 min em uma finalização de Obina se aproveitando de uma bola rebatida pelo goleiro Tiago Cardoso.

Para tentar dar mais força ofensiva ao time e recompor a marcação, o técnico Moacir Júnior tirou o volante Andrei para a entrada do lateral-direito Elsinho e voltou com Pablo para o meio-campo. A modificação deu mais movimentação ao time americano, que acabou conseguindo o gol de empate aos 23 min. Gilson cruzou e Willians bateu no canto esquerdo para deixar tudo igual no marcador. Jogando nos contra-ataques, o América criou boas chances de virar a partida, mas não foi eficiente nas conclusões.

Leia tudo sobre: americacoelhoserie bsanta cruztorcidaaflitos