Depois da zaga, Santos fica agora sem o ataque titular

Equipe santista terá A ausência de seus principais atacantes diante do Flamengo, no próximo domingo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Depois de perder a dupla de zagueiros (Edu Dracena e Gustavo Henrique) ainda na fase de classificação do Campeonato Paulista, o técnico Oswaldo de Oliveira agora fica também sem os seus três atacantes titulares.

Leandro Damião (em tratamento para se recuperar de uma pubalgia) e Thiago Ribeiro (com estiramento no ligamento do joelho esquerdo) já estavam fora e Gabriel sofreu lesão no músculo posterior da coxa direita, no fim do primeiro tempo do jogo contra o Goiás, na última quinta-feira, em Goiânia. Sobrou Geuvânio, que só voltou ao time em consequência dos problemas de Damião e Thiago.

Gabriel sofreu a lesão muscular ao dar um pique para entrar na área do Goiás. Após ter sido atendido pelo médico, o atacante ainda tentou ficar em campo, mas não resistiu às fortes dores e teve de ser substituído por Stefano Yuri, aos 43 minutos do primeiro tempo.

Já no hotel em que a delegação se hospedou em Goiânia, Gabriel postou mensagem no Twitter, afirmando que estava muito triste por causa da contusão e prometeu fazer tratamento 24 horas por dia para voltar logo.

Nesta sexta, em seguida à chegada da delegação ao CT Rei Pelé, em Santos, Gabriel foi levado a uma clínica, fez exame de ressonância magnética e a informação do clube é de que o resultado será divulgado apenas neste sábado, quando se saberá se a lesão é grave ou não.

Para o jogo contra o Flamengo, neste domingo, no Morumbi, o treinador deve escalar Stefano Yuri, promovido do time sub-20 em fevereiro deste ano. Ele foi titular e o artilheiro, com nove gols, da equipe que ganhou a Copa São Paulo de Futebol Júnior em janeiro. Yuri já participou de três jogos no Campeonato Brasileiro e ainda não fez gol. Desde que subiu para o profissional, o atacante de 20 anos atuou 13 vezes e anotou dois gols.

Diego Cardoso, outro promovido da base no começo do ano, é a segunda opção de Oswaldo de Oliveira para o lugar de Gabriel. Ele tem 20 anos, finaliza bem e em nove jogos incompletos disputados marcou dois gols. Com as contusões de Leandro Damião e Thiago Ribeiro, Victor Andrade voltou a se concentrar com os companheiros, participou dos 25 minutos finais do jogo no estádio Serra Dourada e pode ser útil se o treinador precisar de um atacante para prender a bola no campo adversário.

Outra dúvida de Oswaldo de Oliveira é no meio de campo. Renato teve atuação razoável na reestreia, mas falhou no lance do segundo gol do Goiás e, como vinha de longa inatividade, cansou demais. Se o volante não se recuperar do desgaste, Leandrinho deve começar como titular ao lado de Arouca, Cícero e Lucas Lima.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave