Dilma diz que governo não faz aeroporto para Copa

Segundo a presidente, independentemente da demora na execução das obras, o importante é que os aeroportos vão atender a população brasileira depois dos jogos do mundial

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Na Paraíba. Dilma tira foto com os trabalhadores da obra de transposição do rio São Francisco
Roberto Stuckert Filho/ PR
Na Paraíba. Dilma tira foto com os trabalhadores da obra de transposição do rio São Francisco

A presidente Dilma Rousseff voltou a falar nesta sexta-feira (23) sobre a ampliação dos aeroportos, desta vez rebatendo crítica sobre o atraso nas obras para a Copa do Mundo de futebol, que começa em 20 dias. Segundo ela, independentemente da demora na execução das obras, o importante é que os aeroportos vão atender a população brasileira depois dos jogos do mundial. "Não estamos fazendo aeroporto para a Copa", disse.

Dilma aproveitou o momento para comparar também o aumento no número de passageiros nos terminais brasileiros durante governo do PT com o período do PSDB no Palácio do Planalto, reforçando a estratégia de comparar a gestão petista com a do tucano Fernando Henrique Cardoso. "Tem de fazer aeroporto para um País que tinha 32 milhões de passageiros nos aeroportos, em 2002, e hoje tem 112 milhões de passageiros. É para eles que estamos fazendo aeroporto", declarou. "Eu lembro de uma época que ir para aeroporto era um acontecimento, você botava maquiagem e salto, hoje não, aeroporto é para todos", afirmou.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave