Servidores municipais em greve fecham a Afonso Pena para assembleia

Grupo já coloca cadeiras na avenida e mais de 1.000 devem comparecer, sindicato espera que prefeitura apresente uma nova proposta

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Servidores municipais em greve já começam a fechar a avenida Afonso Pena, em frente a sede da Prefeitura de Belo Horizonte, no sentido Mangabeiras, na manhã desta sexta-feira (23). A categoria realizará uma assembleia geral para definir os rumos do movimento.

Grupo já coloca cadeiras na avenida e mais de 1.000 devem comparecer, segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel).

A greve, que começou no dia 6 de maio, já dura 17 dias. Servidores querem 15% de reajuste salarial e e aumento do vale-alimentação para R$ 28. Prefeitura ofereceu 5,56% de aumento no salário e R$ 1 (5,88%) a mais no vale-alimentação, ambos com incidência a partir de setembro.

Sindicato espera que a prefeitura apresente uma nova proposta.

Acompanhe a situação do trânsito na capital, clicando aqui.

Aguarde mais informações.  

Leia tudo sobre: greveservidores municipaisassembleiacadeiras