Universo interior sondadoem colagens

A artista apresenta série de trabalhos em que o inconsciente e as inquietações humanas são inspirações

iG Minas Gerais | carlos andrei siquara |

Mulheres hipnotizadas pelo médico Charcot são referências para quadros
HENRIQUE FALCI
Mulheres hipnotizadas pelo médico Charcot são referências para quadros

Durante três décadas, Inez Ribeiro dedicou-se ao estilismo. A partir de 2011, no entanto, ela resolveu deixar a moda para retomar alguns sonhos antigos, como estudar psicologia e desenvolver trabalhos no campo das artes plásticas. Dessa mudança de rumo nasce a safra recente de criações que apresenta na mostra “Quem Mais Habita em Mim”, montada na Casa Una de Cultura.

Ela apresenta uma série de 30 colagens que têm em comum aproximações com as descobertas das psicanálise sobre algumas das inquietações humanas. “Os quadros refletem um processo de busca. Acho que todo mundo quer saber um pouco mais de si mesmo, além do que já lhe é óbvio. Essa é uma pergunta que eu me fiz durante a produção desses trabalhos e imagino que pode ser a mesma de outras pessoas”, explica Inez Ribeiro.

As imagens, de acordo com ela, passam por diversos procedimentos. Se começa com o tratamento digital no computador, em seguida passa às intervenções feitas à mão.

“Eu uso nesse momento vários elementos. Desde gaze de hospital até brincos. Isso colabora para dar um aspecto mais tridimensional às colagens”, pontua a artista.

Serviço. Exposição “Quem Mais Habita em Mim”, de Inez Ribeiro, na Casa Una de Cultura (rua Aimorés, 1451, Lourdes). Visitação: Até 9/6, de 2ª a 6ª, das 14h às 22h; sáb., das 9h às 13h. Entrada franca.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave