Servidores da saúde continuam em greve

iG Minas Gerais | José Augusto |

Greve. 
Servidores da saúde fecharam a BR–381 na sexta (16)
FOTO: NELSON BATISTA / O TEMPO
Greve. Servidores da saúde fecharam a BR–381 na sexta (16)

Em assembleia realizada na terça-feira (20), os servidores da saúde decidiram por manter a greve por tempo indeterminado. “Vamos continuar, porque o governo está intransigente, não quer negociar as nossas outras reivindicações”, afirmou a diretora do Sind-Saúde de Betim, Berenice Freitas.

Ainda segundo ela, uma carta foi enviada aos vereadores da cidade pedindo ajuda para negociar com a prefeitura. “Não queremos continuar em greve, mas, com a postura que a administração está tendo, não tem como. Por isso, pedimos esse auxílio aos vereadores, que eles intercedam na negociação”, disse. “Além disso, essa foi a primeira vez em Betim em que um prefeito entrou na Justiça contra greve de servidores”, acrescentou.

Dentre as outras reivindicações da categoria, os servidores pedem o aumento do adicional de urgência e emergência, além da inclusão dos servidores no auxílio-deslocamento, hoje, dado só aos médicos, e a criação de uma comissão para discutir o reenquadramento de funcionários que estão em desvio de função. A prefeitura informou que está em constante negociação com a categoria. (JA)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave