Antes de Gareca, Palmeiras bate Figueirense e vai ao G-4

Verdão fez valer a condição de mandante do jogo e contou com bom momento do atacante Henrique para vencer

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Henrique teve bom início no Palmeiras e já marcou três gols neste Brasileirão
PALMEIRAS/CÉSAR GRECO
Henrique teve bom início no Palmeiras e já marcou três gols neste Brasileirão

O Palmeiras selou com triunfo a breve passagem de Alberto Valentim como treinador da equipe, na noite desta quinta-feira, ao vencer o Figueirense por 1 a 0, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, interior de São Paulo. Henrique, novo xodó da torcida, marcou o único gol da partida, válida pela sexta rodada do Brasileirão.

Com o resultado, Alberto acumulou incrível retrospecto à frente do alviverde. Em quatro jogos, desde a saída de Gilson Kleina, obteve quatro vitórias (uma na Copa do Brasil e três no Brasileiro) e não sofreu nenhum gol. Assim, levou a equipe aos 12 pontos e ao G4 da tabela. O time catarinense estacionou nos três, ainda dentro da zona de rebaixamento.

Alberto fez sua despedida à frente do time nesta noite. A partir desta sexta, ele dará lugar ao argentino Ricardo Gareca, confirmado no comando do Palmeiras na quarta-feira. O novo treinador assistiu das tribunas a partida desta quinta. E, além da vitória, viu a estreia de Bernardo e o quinto gol de Henrique em seis jogos.

O JOGO - Depois de ver a "zebra" protagonizada pelo Figueirense contra o arquirrival Corinthians, na abertura do Itaquerão, o Palmeiras entrou em campo escaldado nesta quinta contra o time catarinense. Assim, evitou deixar a defesa desguarnecida no primeiro tempo, mas mostrava ansiedade no ataque e abusava dos erros.

Nos primeiros 30 minutos de jogo, só conseguiu levar perigo uma vez contra o time que era o lanterna do Brasileirão. Foi aos 4, em cabeçada de Diogo. Tiago Volpi caiu no canto para fazer a defesa. Depois, o Palmeiras só ameaçou aos 32, a jogada se repetiu. Desta vez, com cruzamento de Diogo e cabeçada de Henrique. O goleiro defendeu novamente.

Quatro minutos depois, o lance voltou a se repetir. E Henrique não perdoou. Ele completou cruzamento de William Matheus, da esquerda, e mandou para as redes. Foi seu quinto gol em seis jogos disputados com a camisa alviverde, ampliando sua identificação com a torcida.

"Ainda estou longe de ser ídolo, deixo essa euforia para o torcedor. Os companheiros estão me ajudando, aos poucos vou conquistando meu espaço. O mais importante é a nossa equipe", declarou o atacante recém-contratado, na saída para o intervalo.

Embalado pelo gol e empurrado pela torcida, o Palmeiras ganhou tranquilidade e melhorou o rendimento no segundo tempo. Mas tinha dificuldade em aproveitar os espaços deixados pelo Figueirense, que buscava mais o ataque, em razão da desvantagem no placar.

Insatisfeito com o desempenho do meio-campo palmeirense, Alberto decidiu trocar Mendieta pelo estreante Bernardo. Mas não obteve maiores resultados. O time perdeu ritmo e a partida caiu de nível técnico. As duas equipes abusavam dos passes errados e criavam pouco no ataque.

Mais limitado, o Figueirense até se arriscava no setor ofensivo. Na melhor chance, aos 29, Everaldo recebeu livre na entrada da área, de frente para Fábio, mas parou na grande defesa do goleiro palmeirense.

As duas equipes voltam a jogar no domingo, pela sétima rodada. O Palmeiras visitará a Chapecoense, na Arena Condá, no oeste catarinense. E o Figueirense jogará sua primeira partida no Estádio Orlando Scarpelli neste Brasileirão, após cumprir suspensão nas rodadas iniciais como mandante.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 x 0 FIGUEIRENSE

PALMEIRAS - Fábio; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira, William Matheus; Renato, Wesley (Mazinho), Marquinhos Gabriel (Victor Luis), Mendieta (Bernardo); Diogo e Henrique. Técnico: Alberto Valentim (interino).

FIGUEIRENSE - Tiago Volpi; Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno, Guilherme Lazaroni; Paulo Roberto (Marco Antônio), Luan, Rivaldo (Léo Lisboa), Giovanni; Éverton Santos (Everaldo) e Ricardo Bueno. Técnico: Guto Ferreira.

GOL - Henrique, aos 36 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Wendel, Luan, Thiago Heleno, Marquinhos, William Matheus.

ÁRBITRO - Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 10.873 pagantes.

LOCAL - Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP).

Leia tudo sobre: palmeirasverdaofigueirensefutebol