DER mantém interdição de ponte na MG-262 por questões de segurança

Trecho foi interditado devido à explosão de um caminhão no trecho, no dia 9 de maio; houve um deslocamento de 3,5 centímetros na estrutura da ponte além de uma trinca no pilar central

iG Minas Gerais | Da redação |

Buscas. Corpo de caminhoneiro foi achado no sábado
ALTINO ANSALONI / JORNALVOZATIVA
Buscas. Corpo de caminhoneiro foi achado no sábado

O Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG) manteve a interdição da ponte sobre o rio Gualaxo, no KM 46 da MG-262, entre Mariana e Ponte Nova, na região Central do Estado. Após realizar estudos técnicos na estrutura, por questões de segurança, o órgão manteve o fechamento do local tanto para veículos pesados quanto para leves até que sejam concluídos os serviços necessários para a livre circulação de todo tipo de automóvel.

Uma variante já está sendo construída próxima ao local da ponte para que veículos leves e caminhões possam passar sem precisar utilizar os desvios. No entanto, não será permitirá a circulação de carretas e treminhões por este ponto. A previsão é que até o próximo fim de semana as obras da variante estejam concluídas. Veja as opções de desvio para veículos pesados e caminhões: Belo Horizonte/Ponte Nova Opção – 1 BR-381 no sentido João Monlevade, depois seguir pela BR-262 até próximo a Rio Casca, onde deverá entrar na MG-329 até Ponte Nova. Extensão: 220 km. Opção – 2 BR-356 no sentido Ouro Preto, depois na MG-262 sentido Mariana, depois seguir em direção a Catas Altas e Santa Bárbara pela MG-129 até o entroncamento com a BR-381 em João Monlevade, em seguida entrar na BR-262 até próximo a Rio Casca, onde deverá continuar a viagem pela MG-329 até Ponte Nova. Extensão: 360 Km. Veja as opções de desvios para veículos leves (de passeio): Belo Horizonte/Ponte Nova Opção – 1 No km 68 da MG 262, em Mariana, entrar à direita no sentido ao distrito de Padre Viegas, depois por 11 km até distrito de Barro Branco, a partir deste ponto seguir por 16 km não pavimentados até Diogo de Vasconcelos, onde deverá seguir viagem por 18 km pavimentados até o entroncamento com a MG-262, seguindo então à direita por mais 38 km até Ponte Nova. Extensão: 203 Km. Opção – 2 No km 48 da MG 262 acessar a via para o distrito de Furquim, onde deverá seguir por 11 km em trecho não pavimentado até Acaiaca, onde deverá seguir o caminho por 6 km pavimentados até o trevo com a MG 262. Seguir à esquerda sentido Ponte Nova por 38 Km. Extensão: 202 Km. Recuperação da ponte Desde o dia 10 de maio, técnicos do DER/MG vêm realizando uma série de estudos de engenharia, entre eles teste de carga, análise de ferragens expostas e danificações no concreto, além de consulta ao projeto construtivo para determinar as intervenções necessárias. O órgão já definiu o projeto de recuperação da ponte e está terminando de realizar os levantamentos quantitativos para a obra ser executada por dispensa de licitação devido a urgência e o impacto que a interdição está causado aos cerca de 3.000 usuários que circulam pelo local diariamente.  O acidente A ponte da MG-262 sobre o rio Gualaxo foi interditada após acidente ocorrido com um veículo pesado que transportava combustível, no dia 9 de maio, por volta das 15h.

Por causa do acidente, e a consequente explosão do tanque de combustível, ocorreu um deslocamento de 3,5 centímetros na estrutura da ponte além de uma trinca no pilar central. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave