Felipe Massa admite 'dia difícil' após treinos livres em Mônaco

Brasileiro foi apenas o 16º mais rápido na sessão inicial, sendo superado em um segundo por Bottas

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Felipe Massa foi novamente superado pelo companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/DIVULGAÇÃO
Felipe Massa foi novamente superado pelo companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas

Felipe Massa voltou a ter mais um dia difícil na temporada 2014 da Fórmula 1. Nesta quinta-feira, o brasileiro esteve aquém do esperado nos dois treinos livres que abrem o GP de Mônaco, no circuito de rua de Montecarlo, e foi novamente superado pelo companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas.

Massa foi apenas o 16º mais rápido na sessão inicial, sendo superado em um segundo por Bottas. E, no segundo treino, foi o 11º, batido novamente pelo finlandês, o quinto mais veloz da sessão. "Hoje foi um dia difícil", admitiu o brasileiro, que revelou ter enfrentado problemas com o motor de sua Williams na primeira atividade do dia.

"Tive certa dificuldade com o sensor da unidade de potência, o que limitou o meu treino ou pelo menos o que eu poderia forçar", apontou o brasileiro. Na segunda sessão, Massa diz ter reduzido sua participação, restrita ao fim do treino, em razão da chuva. "Fui para a pista somente no fim e aí sofrei com o tráfego".

Apesar do rendimento abaixo de Bottas, Massa viu um lado positivo no desempenho do companheiro. "O carro está rápido e Valtteri mostrou isso. Então, o treino deste sábado será muito importante", declarou o brasileiro, que tentará superar Bottas na busca por uma boa posição no grid de largada.

Leia tudo sobre: fórmula 1felipe massaautomobilismo