Volta, Lula não está descartado

PT pretende marcar convenção para fim de junho para ter tempo de avaliar desempenho de Dilma

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Preferência. Presidente Dilma Rousseff deseja antecipar convenção para evitar que cresça o Volta, Lula
Marcelo Camargo / Agência Brasil
Preferência. Presidente Dilma Rousseff deseja antecipar convenção para evitar que cresça o Volta, Lula

O PT decidiu que irá aguardar até o último dia do calendário eleitoral para realizar a convenção do diretório nacional do partido e oficializar o seu candidato a Presidência da República. Apesar de o ex-presidente Lula e os líderes do partido negarem, ainda é real as chances de Lula substituir Dilma Rousseff como cabeça de chapa do partido. Até o último minuto, a legenda irá analisar os resultados de novas pesquisas e as repercussões das manifestações previstas para a Copa. A data limite para as convenções é 30 de junho.

“É real e latente a possibilidade de o ‘Volta, Lula’ se concretizar. A avaliação é que ainda é preciso observar o resultado de mais pesquisas. Além disso, até o dia 30 de junho já passaram quase 20 dias de Copa e teremos um panorama mais definido do impacto das manifestações, o que hoje é algo imponderável”, afirmou uma fonte ligada a presidente Dilma.

A presidente estaria se sentindo incomodada com a possibilidade de ceder a titularidade da chapa para Lula, mas a avaliação é que, apesar de “candidatíssima”, a petista e o PT não irão arriscar uma derrota.

“Temos os dois melhores candidatos hoje do Brasil. Nem ela nem Lula irão colocar em risco o que já foi conquistado até hoje. Política não é aposta, mas se fosse, eu arriscaria uma troca”, afirmou a mesma fonte que pediu anonimato.

O partido aumentou o ritmo de realização dos levantamentos internos, que já estariam ocorrendo semanalmente. A decisão final será tomada em consenso por Lula e Dilma. Uma votação para a escolha do pré-candidato na convenção está totalmente descartada. Apesar disso, nos bastidores do PT, a informação é que a presidente já teria manifestado o desejo de marcar a convenção para o início de junho. Dessa forma, ela evitaria o desgaste da permanência do “fantasma do Volta, Lula”, segundo um petista.

Visita. Lula e Dilma desembarcam na próxima semana em Belo Horizonte para a convenção estadual do PT. Na ocasião, o pré-candidato Fernando Pimentel será lançado novamente. Em fevereiro, o ex-presidente já havia visitado a capital mineira para oficializar a pré-candidatura de Pimentel, que terá como vice o ex-ministro e deputado federal Antônio Andrade (PMDB).

Calendário

Prazo. De acordo com o calendário eleitoral deste ano, o dia 30 de junho é a data limite para a realização de convenções partidárias para definir coligações e candidatos. Registro. Às 19h do dia 5 de julho se encerra o prazo para os partidos políticos e coligações apresentarem à Justiça Eleitoral o pedido de registro de candidatos a presidente e vice, governador e vice, deputados e senadores.

Internada mãe da presidente A mãe da presidente Dilma Rousseff, Dilma Jane, 90, sentiu-se mal nessa quarta de manhã e foi levada do Palácio da Alvorada para o Hospital das Forças Armadas, em Brasília. Até o fechamento desta edição, ela continuava internada, mas passava bem. Dilma Jane mora com a presidente e com sua irmã Arilda no Palácio da Alvorada desde que Dilma assumiu a Presidência, em 2011.

Compromissos Agenda. Nessa quarta, Dilma teve agenda cheia. Além de receber ministros e do almoço com o PTB, a presidente se encontrou com a apresentadora Xuxa Meneghel e com o cantor Sérgio Reis.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave