Sem sucesso, torcedora tenta resposta sobre confusão no Mineirão

Beliza Rezende disse que tentará novo contato com o clube por não ter entrado no Mineirão e ameaça acionar a Justiça

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

Se sentindo prejudicada por ter comprado ingresso e não conseguido entrar no Mineirão para assistir ao jogo do América contra o Joinville, a assistente social Beliza Rezende, 25, tentou entrar em contato com o clube nesta quarta-feira. “Falaram que era para a gente procurar uma pessoa identifica como Celso. Como ele não estava, disseram para a gente voltar amanhã (quinta-feira)”, afirmou.

Beliza Rezende destacou que a indignação não é tanto pelos valores pagos pelos ingressos, mas pelo transtorno que ela e os familiares tiveram de ir ao Mineirão e não conseguir entrar. “Estávamos em dez pessoas, sendo algumas crianças. Existia a expectativa de poder conhecer o Mineirão, o que, infelizmente, acabou não acontecendo”, destacou. A torcedora disse que os adultos aceitaram melhor a situação, mas foi difícil explicar para as crianças que elas não iriam entrar no estádio. “E ainda tentaram jogar a culpa pelo fato na torcida. Eles alegaram que nós deixamos para entrar no estádio na última hora, mas acho que, se foram vendidos os ingressos, a obrigação do clube era de estar preparado para receber o público.”

Beliza Rezende disse que vai tentar conversar nesta quinta-feira com o América, mas se não conseguir sucesso pretende acionar o clube no Juizado de Pequenas Causas. “Sinceramente, acho que o Brasil não está preparado para receber a Copa do Mundo. Se em um jogo do Campeonato Brasileiro acontece esse tipo de situação, imagina o que pode acontecer no Mundial”, declarou a assistente social. O superintendente geral do América, Alexandre Faria, informou que os torcedores que não conseguiram entrar no estádio poderão levar o ingresso e trocar pela entrada para o primeiro jogo do Coelho como mandante após a Copa, no retorno do campeonato. A partida será contra o Paraná, dia 15 de julho, no Independência. A troca, no entano, deverá ser feita com antecedência.

Leia tudo sobre: americacoelhotorcidamineirãojustiça