Sabella corta quatro antes de Argentina iniciar treinos

Estão fora dos treinos que começarão na segunda os zagueiros Lisandro López e Gabriel Mercado, o meia Fabián Rinaudo e o atacante Franco Di Santo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

AFA/DIVULGAÇÃO
undefined

O técnico Alejandro Sabella anunciou, nesta quarta-feira, os quatro primeiros cortes na lista inicial de 30 atletas convocados para defender a Argentina na Copa do Mundo. Na relação, nenhuma surpresa. Estão fora dos treinos que começarão na segunda que vem Lisandro López (zagueiro do Getafe), Fabián Rinaudo (meia do Catania), Gabriel Mercado (zagueiro do River Plate) e Franco Di Santo (atacante do Werder Bremen).

Sabella explicou os cortes antes da apresentação pelo fato de que acreditava que era exagerado o número de 30 atletas treinando sendo que ainda seriam necessários sete cortes para definir os 23 que vão à Copa. O treinador avisou também que levará ao Brasil cinco atacantes e três goleiros. Também serão pelo menos sete defensores e sete meio-campistas - a última vaga fica entre essas duas posições.

A Argentina começa a trabalhar na segunda-feira, portanto, com 26 jogadores, sendo que três precisam ser cortados até o dia 2 de junho. Os mais cotados para ficar fora do grupo de Sabella são os zagueiros Hugo Campagnaro (Inter de Milão) e Nicolás Otamendi (Atlético Mineiro) e os meias Enzo Pérez (Benfica), Augusto Fernández (Celta), José Sosa (Atlético de Madrid) e Ricardo Alvarez (Inter de Milão).

Leia tudo sobre: argentinaseleçãoCopa do Mundocortesabelatreino