Inflação se aproxima do teto da meta

Nos 12 meses encerrados em maio, o IPCA-15 ficou em 6,31%, acima do resultado registrado nos 12 meses encerrados em abril

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Apesar da desaceleração verificada na prévia da inflação oficial em maio, a taxa acumulada em 12 meses pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) continuou a subir. Nos 12 meses encerrados em maio, o IPCA-15 ficou em 6,31%, acima do resultado registrado nos 12 meses encerrados em abril, quando a taxa foi de 6,19%, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Como consequência, a inflação acumulada aproximou-se ainda mais do teto da meta estipulada pelo governo para este ano, de 6,5%. Em maio, o IPCA-15 teve variação de 0,58%, resultado 0,20 ponto porcentual menor que a taxa de 0,78% registrada em abril. No entanto, em maio de 2013, o IPCA-15 tinha registrado alta de 0 46%.

O documento reforça que tiros e homicídios eram assuntos recorrentes na casa de Marcelo, por conta da profissão dos pais, e ressalta que o adolescente era influenciado por jogos violentos. As ideias delirantes que misturam imaginário à realidade foram comparadas ao personagem de Cervantes. "Sofrendo de encefalopatia, desenvolveram sobre esse terreno (inconsciente neural) ideias delirantes sistematizadas e circunscritas (delírio encapsulado), nas quais a imaginação e a realidade se misturam morbidamente", diz o laudo.

Leia tudo sobre: InflaçãotetoIPCAmaioIBGEmetagoverno