Menino espancado e jogado em lote vago no Barreiro sai do hospital

Criança foi covardemente agredida no dia 16 de abril; polícia ainda não tem pistas de quem teria tentado matar garoto

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Menino foi encontrado desacordado em lote
DENILTON DIAS
Menino foi encontrado desacordado em lote

O menino de 10 anos que foi espancado e jogado em um lote vago do Barreiro, em Belo Horizonte, no mês de abril deste ano recebeu alta médica do Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, nessa terça-feira (20). A informação foi confirmado pela assessoria de imprensa da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig).

O garoto foi encontrado em um lote do bairro Diamante no dia 16. Ele estava inconsciente e não portava documentos. A mãe da vítima apareceu oito dias depois no João XXIII e reconheceu o filho. Segundo a mulher, a criança, desde os 5 anos, tinha o costume de fugir de casa e chegou a ficar um mês em um abrigo.

A Polícia Civil investiga o caso, mas não há informações de que tentou matar a criança. O delegado que recebeu a ocorrência, Júlio Zica, chegou a ir até o hospital, mas como a criança não estava falando, não foi possível descobrir alguma pista.

A equipe da delegacia do Barreiro analisa imagens captadas pelas seis câmeras do circuito interno de TV da estação Diamante, que podem ajudar na identificação do criminoso que agrediu o menor. O caso está, agora, com a delegada Virgínia Almeida Salgado, mas ainda não há data para a criança ser ouvida.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave