Policial Militar é preso em Itabira por pedofilia e estupro tentado

Equipamentos eletrônicos foram apreendidos na residência do suspeito e no quartel da corporação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um policial militar foi preso em Itabira, na região Central do Estado, nesta terça-feira (20), por pedofilia e estupro tentado. Investigações do Ministério Público Estadual levaram ao cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão contra o oficial.

As investigações que duraram dois meses apontaram que o militar constrangia e chantageava as vítimas. O suspeito é acusado de usar perfis falsas para  aliciar menores para a prática de atos libidinosos.

Equipamentos eletrônicos foram apreendidos na residência do suspeito e no quartel da corporação. O coordenador estadual de Combate aos Crimes Cibernéticos, promotor de Justiça Mário Konichi, alerta para o uso indevido da internet. “O Ministério Público de Minas Gerais exerce uma vigilância constante na rede, de forma a coibir a prática de ilícitos penais e identificar seus autores, que ainda creem na possibilidade de anonimato na internet”, declarou.

O militar irá responder por crime previsto no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) – adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente – e por estupro tentado contra uma adolescente.

Com  MPMG

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave