Diarista fica gravemente ferida ao ser atacada por rotweillers

Ela estava na casa dos donos dos animais para passar roupas, mas acabou sendo atacada por eles; dona da casa disse não saber como os cachorros conseguiram sair do canil

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Uma diarista ficou gravemente ferida após ser atacada por dois cães da raça rotweiller nesta terça-feira (20), no bairro Santa Cruz, na região Nordeste de Belo Horizonte. Ela foi levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII após ter ferimentos nos braços, pernas, cabeça, olhos, pescoço e tronco. Os cachorros, Hanna e Apolo, foram sacrificados pela Polícia Militar.

De acordo com a corporação, Maria Antônia da Purificação, 55, havia trabalhado para o dono da casa há cerca de um ano e, nesta terça, havia voltado para prestar um serviço, passar as roupas dele e da mulher. No entanto, a dona da casa contou que os cachorros estavam presos, e que não sabe como eles conseguiram sair do canil.

Ao chegarem na casa, localizada na rua David Alves Barreto, os militares encontraram a diarista caída no chão, e o jardim cheio de sangue. Para impedir que os atacasses continuassem, eles entraram e uma casa vizinha e atiraram nos cachorros. Hanna morreu na hora, mas Apolo ficou agonizando com o ferimento até a chegada de um veterinário, que o sacrificou.

Maria foi socorrida pela Samu, e levada ao João XXIII em estado grave. Os donos dos animais prestaram esclarecimentos na delegacia sobre o ocorrido e depois foram liberados. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave