Magnata russo terá que pagar mais de R$ 10 milhões para ex-mulher

Este valor representa que a separação do casal entra para a história como a mais cara de todos os tempos, superando a do empresário das comunicações Rupert Murdoch

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O magnata russo Dimitri Rybolovlev, proprietário do clube de futebol AS Monaco, terá que pagar uma quantia de mais de 4,5 milhões de dólares (cerca de R$ 10 milhões) a sua ex-mulher, Elena Rybolovlev, como indenização por divórcio. O valor tem base em uma sentença judicial feita pela Justiça da Suíça. 

Este valor representa que a separação do casal entra para a história como a mais cara de todos os tempos, superando a do empresário das comunicações Rupert Murdoch, que pagou cerca de 2,6 milhões de dólares (algo próximo de R$ 5,7 milhões) a ex-mulher. 

Além da fortuna, Elena também ganhou a guarda da filha de 13 anos, nascida e educada na Suíça. O casal foi casado por 23 anos e, em 2008, resolveram se divorciar. A fortuna de Rybolovlev está avaliada em mais de 9 milhões de dólares. 

Em 2011, ele adquiriu 66,67% do Monaco.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave