Veja a troca de emails entre Guadalupe e Jefferson

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Veja a troca de emails entre Guadalupe e Jefferson, divulgada pelo Brasil 247

Em 9 de maio de 2014 18:16, Pedro Guadalupe escreveu:

Jeff, te perguntar, vc tem conversado com o pessoal da AMA?

Obrigado,

Abraços

-- Pedro Guadalupe S. L. Brandão pedroguadalupe@websatis.com.br   |   @guadalupemagico

Minutos depois, Jeferson Monteiro responde:

Em 9 de maio de 2014 18:37, Dilma B. escreveu:

Sim, Pedro. Tenho conversado com eles e, ao que tudo indica, deveremos fechar uma parceria para que eles possam me agenciar.

Em 9 de maio de 2014 18:38, Pedro Guadalupe prossegue:

Sobre o assunto que vc imagina... Queria se possivel um skype com vc para poder entender até onde conseguimos ir.. E quero também te explicar algumas coisas que acho que vc tem de avaliar muito bem antes de querer realizar alguma ação.

Se tiver interesse, so me aceitar.. Te mandei um convite no skype.

Abraços.

Ao que Jefferson responde:

Em 9 de maio de 2014 18:53, Dilma B. escreveu:

Pode conversar com o Marcio que ele está inteirado do assunto e saberá explicar tudo. Já falei com ele, inclusive sobre todas as questões que possam envolver, não há nenhum problema e nenhum tipo de impedimento.

Combinamos que após estar tudo acertado e resolvido, voltamos a falar pra ajustar o que for necessário.

Abs

Depois, Guadalupe fala de um "caminho sem volta", que seria a adesão ao PSDB:

Ok. Já estou fazendo isso..... A negociação toda é por ele, eu sei. O que eu gostaria de falar com você são outras coisas, pq isso é uma decisão muito seria que vc vai tomar.... E sem volta, você sabe né? E se sim, e é isso mesmo, a gente tem de pensar como fazer isso muito bem feito, pq com certeza será midia.... Vc também sabe disso né?

No seu caso, ao contrario dos "produtos ama" o interessante não é o alcance, e sim o capital politico/poder... Mas isso ao mesmo tempo te expoe muito.... Então, queria é analisar essas questões com você, para não termos nenhum tipo de problema depois.

Abraços

E Monteiro diz estar ciente dos riscos:

Em 9 de maio de 2014 19:55, Dilma B. escreveu:

Mas não tem como haver problema. De fato, há tempos já tenho todos os cenários possíveis estruturados para qualquer decisão fosse tomada. Portanto, isso é bem tranquilo. Quanto a forma de como será feita, prefiro mesmo expor detalhadamente como tudo ocorrerá somente após estiver tudo certo. Creio que não será nada muito complexo. ;)

Guadalupe diz, em seguida, que Monteiro viraria o inimigo número 1 do PT:

Em 9 de maio de 2014 20:05, Pedro Guadalupe escreveu:

Coisas que me sinto na obrigação de alertar:

1 - Como você sabe, nem os amigos são muito bem tratados no PT 2 - Imagine os inimigos, vc irá virar o numero 1 3 - Não vejo nada perto do que vc tinha no PT, em relação a "mimos" do outro lado.... Seria algo totalmente disfarçado. 4 - Vc perderia muito de um lado... Vc sabe disso né?

Estou deixando isso claro, pq gosto de vc, e essa é uma decisão muito seria.

Abraços.

A partir desse momento, o tom começa a mudar, quando Monteiro afirma jamais ter recebido qualquer mimo do PT:

Em 9 de maio de 2014 20:28, Dilma B. escreveu:

Mas é aí que você se engana: como sempre disse e como sempre foi, diferente do que muitos pensam, nunca recebi mimos e nem privilégios de ninguém. Tirando o dia da visita, que Dilma me recebeu, não tive mais nenhum contato com ela. O contato que tenho com algumas pessoas é totalmente informal e mesmo assim são poucas e sempre deixei claro que se fosse necessário trabalharia pra alguém. E todos sempre respeitaram a minha decisão e todos me apoiaram. Como disse, quanto a isso não há problema.

Abs

A negociação, no entanto, prossegue. Guadalupe manda uma mensagem em 9 de maio:

Em 9 de maio de 2014 20:29, Pedro Guadalupe escreveu:

Bom demais então! Ai o unico ponto que temos de acertar, para darmos continuidade, é como iremos aproveitar o personagem para mudar opiniões.... Esse é o pulo do gato. Se a gente descobrir isso, estamos bem :)

Abraços

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave