Odílio descarta contratação de Diego pelo Santos

Meia recebeu proposta da Europa para manter nível salarial e deve deixar o Atlético de Madrid rumo ao Fenerbahçe

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Diego conquistou uma Liga Europa com a camisa do Atlético de Madrid
WOLFSBURG/DIVULGAÇÃO
Diego conquistou uma Liga Europa com a camisa do Atlético de Madrid

Chegou ao fim o sonho santista de repatriar o meia Diego. Reserva do Atlético de Madrid, onde está emprestado pelo Wolfsburg, o jogador era cobiçado pelo clube paulista desde o início do ano. No entanto, uma outra proposta do futebol europeu superou a oferecida pelo Santos e, segundo o presidente Odílio Rodrigues, o destino do atleta será mesmo um time do Velho Continente.

"O Diego tinha compromisso com a gente, de que quando acabasse o contrato com o Wolfsburg (em junho), se ele voltasse para o Brasil, ia para o Santos, dentro daquilo que combinamos. Só ficaria na Europa se houvesse uma boa oportunidade. Na segunda, ele teve a sensibilidade de ligar para dizer que houve proposta na Europa para manter o nível salarial", disse o dirigente santista.

A ideia do clube brasileiro era de pagar R$ 800 mil reais mensais de salário a Diego, mais luvas de R$ 3 milhões. No início do ano, o Santos teve a proposta recusada pelo Wolfsburg, mas tinha a esperança de que o jogador optasse por voltar ao Brasil após o fim de seu empréstimo ao Atlético de Madrid.

No entanto, uma proposta do futebol europeu atraiu Diego. O clube mais cotado para ficar com o jogador é o Fenerbahçe, que confirmou no final de semana que havia entrado em negociação com o brasileiro.