Manchester City adquire participação em time japonês

Clube já controlava o Melbourne Heart, da Austrália, e tinha o New York City FC como franquia na MLS

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Manchester City terá menos de 20% de Yokohama Marinos, clube que tem Nissan como principal investidor
Fifa/Divulgação
Manchester City terá menos de 20% de Yokohama Marinos, clube que tem Nissan como principal investidor

O Manchester City aumentou o seu vínculo com clubes de futebol de fora da Inglaterra nesta terça-feira ao anunciar a compra de uma participação no Yokohama Marinos, do Japão, em uma ação com o intuito de expandir a base do time, atual campeão inglês e de propriedade do xeque Mansour bin Zayed Al Nahyan, de Abu Dabi.

Anteriormente, o Manchester City havia adquirido e assumido o controle do Melbourne Heart, da Austrália, além de ter lançado uma franquia na MLS - a liga norte-americana de futebol -, o New York City FC. Agora, o clube inglês comprou uma participação minoritária no Yokohama Marinos, dono de três títulos do Campeonato Japonês.

A participação do Manchester City é inferior a 20% no clube japonês, que tem a Nissan como seu principal investidor. Agora, o time inglês permitirá que o Yokohama Marinos tenha acesso aos seus "métodos de treinamento, assistência médica, ciência do esporte e gestão de equipe".

Em compensação, o Manchester City, que venceu duas das últimas três edições do Campeonato Inglês, vai ficar com receitas adicionais do time japonês, além de aproveitar o negócio para tentar aumentar a presença da sua marca na Ásia.