Empresário morto durante assalto à pousada é sepultado nesta terça

Ao ser abordado por ladrões, que se passaram por hóspedes, vítima disse que "tinha nascido para morrer e que, de lá, eles não levariam nada"

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

O corpo do empresário de 57 anos morto durante um assalto em Pontos dos Volantes, no Vale do Jequitinhonha, será sepultado nesta terça-feira (20). A vítima, que era proprietária de uma pousada na cidade, foi morto com um tiro nas costas no último domingo (19). Ninguém foi preso.

De acordo com o sargento do destacamento da Polícia Militar do município, Claudionor Nascimento dos Santos, José Lucas Sicupira foi assassinado por dois criminosos que se passaram por hóspedes.

“Os suspeitos chegaram à Pousada Volante no sábado à tarde. Já na madrugada de domingo, eles pediram que um dos filhos da vítima abrisse a porta do estabelecimento porque precisavam ir embora para Vitória da Conquista, na Bahia”, contou o militar.

No momento em que o adolescente de 14 anos abria a porta, os assaltantes mostraram uma arma e ordenaram que o menor voltasse para a recepção, onde ele foi rendido junto com o outro irmão.

“Os homens mandaram que os jovens fossem até o quarto em que os pais estavam dormindo e chamassem o empresário. Ao abrir a porta, Sicupira encontrou os filhos sob o poder de um dos criminosos”, explicou o sargento.

Na versão das testemunhas, um dos suspeitos pediu dinheiro para o dono da pousada. Nesse momento, ele teria dito: “Nasci para morrer. Daqui vocês não vão levar nada”. Em seguida, ele bateu a porta, e os filhos ficaram do lado de fora com os ladrões.

“Um dos criminosos foi até a janela do quarto e atirou. O tiro acertou Sicupira, que morreu na hora. Após o crime, a dupla fugiu em um Toyota Corolla com placa de Guarulhos, São Paulo, sem levar nada”, disse Santos.

Policiais fizeram rastreamento na região, mas os bandidos não foram localizados. A investigação do caso ficará a cargo da Polícia Civil. 

Leia tudo sobre: POUSADAASSALTOPONTO DOS VOLANTES