PT representa contra PSD-MG

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

O PT informou ontem que o diretório estadual da sigla em Minas entrou com uma representação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) questionando as propagandas do PSD mineiro veiculadas no rádio e na televisão neste mês que afirmam que as obras do metrô e do Anel Rodoviário de Belo Horizonte e da BR–381 são “promessas não cumpridas do governo federal”.  

Por meio de nota, o PT afirma que as inserções foram divulgadas “de forma irresponsável, improcedente e difamatória”. O partido rebateu as peças publicitárias dizendo que, “com muito atraso e sem alarde, para não evidenciar o falso discurso de que o metrô não avançou por falta de investimentos do governo federal”, a Metrominas, de responsabilidade do Estado, apresentou à Caixa Econômica Federal um projeto executivo para o metrô.

“A falta de projeto impedia o início das obras. A entrega só aconteceu na última quinta-feira, embora os recursos federais para as obras do metrô estejam empenhados desde 2011”. Segundo o partido, o projeto será analisado.

O partido disse ainda que, ao contrário do que afirma o PSD nas propagandas, a presidente Dilma Rousseff assinou, no último dia 12, a ordem de serviço para parte das obras na BR–381.

Em relação às críticas ao Anel Rodoviário, o PT disse que a reforma da via “ainda não saiu do papel porque o governo do Estado não apresentou um projeto executivo tecnicamente adequado para as obras”. Desde 2012, em virtude de acordo entre o governo federal e o governo estadual, toda a gestão da obra foi repassada ao Departamento de Estradas e Rodagens de Minas Gerais (DER-MG). 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave