Vereador Arnaldo Godoy pede quebra de decoro contra Marcelo Aro

Vereadores trocaram empurrões no Plenário na última sexta-feira, logo no início da reunião ordinária

iG Minas Gerais | Flávia Carneiro |

Vereadores disputaram o microfone durante reunião
Web TV Câmara/Reprodução
Vereadores disputaram o microfone durante reunião

O vereador Arnaldo Godoy (PT) encaminhou, nesta segunda-feira (19), à Mesa diretora da Câmara Municipal, ofício para avaliar uma possível quebra de decoro parlamentar do colega Marcelo Aro (PHS).

Na última sexta-feira (16), logo no início dos trabalhos da reunião ordinária, Godoy e Aro disputaram o microfone do plenário, o que terminou com a troca de empurrões entre os dois.

Marcelo Aro afirmou que não foi comunicado oficialmente sobre o pedido e que, “requisitou as gravações feitas pela TV Câmara, que provam que, em nenhum momento, agredi o colega vereador”. Ele disse que está avaliando se entra com uma interpelação judicial contra Godoy, que terá que provar o que aconteceu.

Outra questão, segundo Aro, é a publicação de um texto na internet que o acusa de “ ter batido num velho cego, o que é um absurdo”. O vereador afirmou que vai processar o autor desse artigo.

De acordo com o regimento interno, Aro terá 10 dias para apresentar defesa da acusação de quebra de decoro. O prazo começa a contar a partir da leitura do ato na próxima reunião do plenário, o que só ocorrerá no dia 2 de junho. 

Leia tudo sobre: videobrigacmbhgodoyaro