Nove são detidos com drogas sintéticas que seriam vendidas em rave

Grupo foi detido em Varginha, no Sul de Minas; entorpecentes estavam dentro de dois carros; documentos falsos também foram apreendidos

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Droga também foi encontrado em quarto de um dos jovens que iria para festa.
Polícia Militar/Divulgação
Droga também foi encontrado em quarto de um dos jovens que iria para festa.

Seis homens e uma mulher foram presos e dois adolescentes apreendidos com um total de 370 comprimidos de ecstasy, 95 pontos de LSD, nove embalagens com cristal meta e três buchas de maconha, em Varginha, no Sul de Minas. O grupo foi detido no caminho de uma festa Rave em Itu (SP), no último sábado (17).

Militares do 24º Batalhão de Polícia Militar (PM) foram informados que um veículo estaria transportando drogas sintéticas para serem comercializadas em São Paulo. Ainda segundo a denúncia, o carro estava ocupado por jovens.

Na avenida do Contorno, no bairro Parque Mariela, a PM abordou dois veículos suspeitos. Durante as buscas nos passageiros e dentro dos carros foram encontradas grande quantidade de ecstasy, LSD e cristal meta, também conhecida como MD. Além dos entorpecentes, foi identificado uma menina de 17 anos sem autorização dos responsáveis para viajar e um menino de 17 anos que estava com identidade falsa.

Quatro jovens, um de 18, três de 22 e um de 24 anos, um homem de 47 anos e os dois adolescentes foram conduzidas para delegacia. Três dos adultos foram autuados em flagrante e os demais foram liberados. Eles vão responder por tráfico de drogas, associação ao tráfico e falsificação de documentos. A PM não divulgou o nome dos suspeitos.

Em continuidade ao rastreamento, a PM abordou um jovem de 20 anos na praça Marechal Floriano, no centro, apreendendo mais 25 comprimidos de LSD, uma porção de maconha e outra de cocaína, além de uma identidade falsa, a quantia de R$ 220 e um celular.

O rapaz alegou aos militares que esperava por uma van para transportá-lo à mesma festa Rave em São Paulo. A partir da suspeita que existiria mais drogas, os policiais foram à casa do jovem, na avenida Dr. Módena, no bairro de Fátima, e no quarto do suspeito localizaram mais 156 comprimidos de LSD, porções de maconha e cocaína, além de um soco inglês e uma segunda identidade falsa. Os materiais foram apreendidos, juntamente com um notebook que possivelmente era utilizado para a falsificação dos documentos. O autor foi preso e conduzido à delegacia, onde teve a prisão ratificada.

Leia tudo sobre: drogas sintéticasecstasyLSDadolescentestráfico de drogas