Thiago Pereira fatura ouro nos 200m medley nos EUA

Na disputa do Charlotte de Natação, nadador fechou distância em 1min58s44 e ficou à frente dos norte-americanos Conor Dwyer e Chase Kalisz

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

undefined

Thiago Pereira faturou neste domingo à noite, nos Estados Unidos a medalha de ouro da prova dos 200 metros medley do GP de Charlotte de Natação. O brasileiro assim fechou a competição em grande estilo, pois dominou esta prova para subir ao topo do pódio. Ele nadou a distância em 1min58s44 e ficou bem à frente dos norte-americanos Conor Dwyer (2min00s06) e Chase Kalisz (2min00s80), respectivos segundo e terceiro colocados.

O atleta do Sesi participou de seis provas deste evento norte-americano e neste domingo também competiu nos 100 metros livre, ficando em sexto lugar. A medalha de ouro desta disputa acabou sendo dividida pelo norte-americano Anthony Ervin e o francês Yannick Agnel, que cravaram o mesmo tempo de 49s51. Já o bronze foi para Conor Dwyer, com 49s72. Outro brasileiro nesta prova, Bruno Fratus era um dos grandes favoritos ao ouro, mas ficou apenas com o quinto lugar ao cronometrar 50s13. Thiago fechou em 50s61.

Antes de ganhar com folga nos 200 metros medley e ser o sexto colocado nos 100 metros livre, Thiago Pereira participou das eliminatórias dos 200 metros borboleta e dos 200 metros peito no sábado, mas não avançou às finais A. Já no nado borboleta, o medalhista de prata olímpico foi para a final B e venceu prova com 1min59s73. Na série do peito, o atleta fez o melhor resultado entre todos os participantes com 2min12s85, mas acabou sendo desclassificado.

Ao fim da competição, Thiago Pereira festejou o seu desempenho. "Estou bastante contente pelo resultado. Mesmo cansado e com dores, eu consegui nadar bem mais uma vez. Nos últimos três campeonatos consegui fechar a distância com menos de 2 minutos", disse o atleta, se referindo aos tempos obtidos no Troféu Maria Lenk e no GP de Charlotte. "Quanto mais vezes nadar, mais chance de melhorar meus fundamentos e também estar em ritmo de prova, fundamental no alto rendimento", completou.

Já nas disputa da prova dos 100 metros livre feminino, o ouro foi conquistado nesta domingo pela norte-americana Allison Schmitt, que cravou 54s93, e foi seguida de perto pelas suas compatriotas Madison Kennedy (54s93) e Megan Romano (55s07).