BH, a nova ‘capital do Mercosul’

iG Minas Gerais |

As presenças de Argentina, Chile e Uruguai transformarão Belo Horizonte na capital do Mercosul. Para aproximar a população local dos países vizinhos, os consulados e comunidades estão preparando uma série de atividades culturais na região metropolitana de Belo Horizonte e em cidades próximas. Em Sete Lagoas, por exemplo, a prefeitura já trabalha em parceria com o consulado uruguaio para promover uma programação que possa atrair turistas uruguaios e até mesmo os moradores da cidade, escolhida pelos vizinhos como sede.

“Estamos organizando uma mostra uruguaia em Sete Lagoas. Lá, exibiremos livros, documentários e registros que aproximam as culturas. Queremos dar o clima de Copa do Mundo para a cidade, e tenho certeza de que todos vão aproveitar bastante as atividades que vamos promover”, afirmou o secretário de Esportes da cidade, César Maciel.

O primeiro treino da seleção uruguaia em Sete Lagoas, marcado para o dia 10 de junho, será aberto ao público e à imprensa. A prefeitura ainda estuda alternativas para viabilizar a entrada dos fãs de Cavani, Luis Suárez, Forlán e companhia no estádio Arena do Jacaré, que vai receber os treinamentos da equipe bicampeã mundial.

PARA CONQUISTAR. Seguindo o exemplo uruguaio, chilenos e argentinos também planejam suas ações para recepcionar seus compatriotas durante o Mundial. A ideia é garantir a integração e o entendimento entre aqueles que vivem em Minas e os que virão ao Estado para acompanhar suas seleções.

“Estamos muito empenhados nisso nesses últimos dias. Além dessa aproximação cultural entre os países, temos recebidos várias solicitações de argentinos buscando mais informações sobre Belo Horizonte. Trabalhamos em conjunto com a polícia para garantir a segurança dos turistas e evitar também qualquer tipo de violência dentro dos estádios. Nós estamos traçando o perfil desses torcedores que estarão em Minas Gerais”, declarou o cônsul argentino Mariano Guida.

Uma vasta programação cultural também está sendo divulgada pela Secretaria de Estado de Cultura para os turistas que desembarcarão em Belo Horizonte. Os principais pontos que receberão exposições são o Circuito Cultural Praça da Liberdade e o Palácio das Artes, na capital. (JP)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave