Atlético-PR vacila e empata com lanterna Chapecoense

Duelo ainda começou com 15 minutos de atraso, porque não havia uma ambulância à disposição no estádio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Tropeço do Furacão o deixou na 13ª colocação do Nacional, com cinco pontos
ATLÉTICO-PR/ DIVULGAÇÃO
Tropeço do Furacão o deixou na 13ª colocação do Nacional, com cinco pontos

O Atlético Paranaense não soube aproveitar seu maior volume de jogo e as oportunidades criadas e perdeu a chance de subir na tabela ao empatar por 1 a 1 com a lanterna Chapecoense - que marcou aos 43 minutos do segundo tempo, no Estádio Willie Davids, em Maringá (PR), pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida começou com 15 minutos de atraso porque não havia uma ambulância à disposição no estádio, e a arbitragem só iniciou o jogo após a chegada do veículo. O tropeço rubro-negro o deixou na 13ª colocação, com cinco pontos, e a Chapecoense caiu para a lanterna, agora com dois pontos, ao ser ultrapassada pelo Figueirense, que iniciou a rodada em último e neste domingo bateu o Corinthians por 1 a 0.

O Atlético dava a impressão de que ganharia com facilidade da Chapecoense, com jogadas de velocidade pelas laterais, e logo aos quatro minutos Ederson desperdiçou a primeira chance ao chutar para fora depois de falha do goleiro Danilo.

Com o passar do tempo, o time catarinense acertou sua marcação sobre Marcos Guilherme e, em sua única chance, aos 28 minutos, acertou com Fabinho um forte chute que Weverton defendeu. Aos 34, foi a vez de Natanael cabecear para fora com o gol vazio.

Na segunda etapa, o Atlético manteve a pressão e em uma falha da defesa catarinense, aos 26 minutos, Cleberson completou um escanteio cobrado por Felipe e sem marcação alguma cabeceou no canto direito de Danilo.

O time curitibano perdeu um pouco de sua força, e a Chapecoense começou a crescer na partida e criou duas chances de gol - com Tiago Luis e em cruzamento que Léo Pereira quase marcou contra - seguidas.

A defesa atleticana sentia a pressão, e aos 43 minutos teve nova falha que custou a vitória. Fabinho chutou forte, rasteiro, Tiago Luis apareceu entre a zaga e completou para o gol sem marcação.

No final, o time de Chapecó comemorou o ponto ganho. "Fizemos um pacto e vamos colocar nossa equipe fora dessa situação", disse o autor do gol, Tiago Luis.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 1 X 1 CHAPECOENSE GOLS - Cleberson, aos 26, e Tiago Luis, aos 43 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha (RJ). CARTÕES AMARELOS - Marcos Guilherme, Marcelo, Fabiano e Bruno Silva. RENDA E PÚBLICO - Indisponíveis. LOCAL - Estádio Willie Davids, em Maringá (PR).

ATLÉTICO-PR - Weverton; Sueliton, Léo Pereira, Cleberson e Lucas Olaza (Felipe); Deivid, Paulinho Dias, Marcos Guilherme (Douglas Coutinho) e Natanael; Marcelo e Ederson (Badi). Técnico: Miguel Ángel Portugal.

CHAPECOENSE - Danilo; Fabiano, André Paulino (Tiago Saletti), Jailton e Rodrigo Biro; Bruno Silva, Abuda e Ricardo Conceição (Dedé); Tiago Luís, Alemão (Roni) e Faninho Alves. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Leia tudo sobre: atletico-prempatechapecoensebrasileirofutebol