Grade cai, paralisa jogos, e Osasuna e Valladolid são rebaixados

Com paralisação na partida do Osasuna, outros três duelos com implicações na luta contra o rebaixamento no Espanhol sofreram atrasos forçados

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Um dia após o Atlético de Madrid conquistar o título do Campeonato Espanhol, o torneio definiu mais dois clubes rebaixados. Na sua rodada final, neste domingo, o Osasuna, mesmo vencendo, e o Valladolid, que foi derrotado, caíram para a segunda divisão da Espanha e se juntaram ao Bétis, que havia caído anteriormente.

Em casa, o Osasuna bateu o Bétis por 2 a 1, mas o triunfo não adiantou muito, pois o Granda derrotou o também rebaixado Valladolid por 1 a 0, como visitante, o Getafe bateu o Rayo Vallecano por 2 a 1, também fora de casa, e o Almeria empatou em casa com o Athletic Bilbao por 0 a 0.

A partida do Osasuna, aliás, precisou ficar paralisada por aproximadamente uma hora após uma das grades do Estádio El Sadar ceder na comemoração do primeiro gol da equipe da casa na partida, marcado aos 12 minutos do primeiro tempo por Oriel Riera, o que provocou ferimentos em dezenas de torcedores.

As outras três partidas com implicações na luta contra o rebaixamento sofreram atrasos forçados durante o intervalo para que tivessem o final sincronizado. Ao término dos jogos, o Valladolid, com 36 pontos, e o Osasuna, com 39, foram rebaixados. Já Almeria, com 40 pontos, Granada, com 41, e Getafe com 42, escaparam do rebaixamento.

Em outra partida realizada neste domingo, o Villarreal bateu a Real Sociedad por 2 a 1, fora de casa. Assim, o time visitante terminou o Campeonato Espanhol na sexta colocação, uma posição à frente do oponente. As duas equipes e o Sevilla se garantiram antecipadamente na próxima edição da Liga Europa.

Leia tudo sobre: espanholosasunavalladolid