Técnico Moacir Júnior elogia atuação do América

Vitória de sábado mostrou que time superou eliminação da Copa do Brasil

iG Minas Gerais | Juliana Gontijo |

O técnico do América Moacir Júnior exaltou o desempenho dos jogadores do time no último jogo contra o Vila Nova-GO, sábado, 17, que levou  à vitória pelo placar de 2 a 0, na Arena Independência. A partida foi válida pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.O resultado manteve a invencibilidade da equipe, agora com quatro vitórias e um empate.

Em entrevista coletiva, depois do jogo, ele ressaltou que a vitória da equipe representou uma prova da maturidade do time em superar sua eliminação da Copa do Brasil, na quarta-feira passada. "Nossa vitória foi um prova de que não tem ressaca nenhuma por aquela punhalada aos 43 minutos na Copa do Brasil. A vida segue, segue com muita confiança, com determinação em nosso objetivo, que é o acesso à Série A", disse.

Ele avaliou o primeiro tempo como ótimo para a equipe. "Criamos cinco oportunidades e aproveitamos duas. O time do Vila Nova-GO mostrou, no segundo tempo, um futebol para não estar onde está (é lanterna), certamente em função da arrumação do Waldemar Lemos (técnico) no intervalo. Mesmo assim nós criamos outras chances, mas não fomos eficientes como no primeiro tempo. Eu desejo sorte daqui pra frente pra eles. Mas hoje era muito importante para a gente fazer os três pontos, e graças à entrega e dedicação desses jogadores, conseguimos. Eu tenho certeza que o torcedor que esteve aqui saiu satisfeito não só com a vitória, mas pela modo que o time atuou”, avaliou.

O primeiro gol do Coelho, do zagueiro Vitor Hugo, nasceu em jogada ensaiada de bola parada. No entanto, o treinador espera evoluir ainda mais neste fundamento. “A bola parada ajudou de novo, trabalhamos muito para isso. Tivemos com o Girotto, no jogo passado, agora com o Vitor Hugo. E vamos continuar trabalhando, porque ainda estamos alternando nessas jogadas. O ideal é de cada quatro chances criadas irmos bem em três. Mas estou feliz com o aproveitamento na bola parada, porque o Vitor Hugo é muito forte neste quesito. Quando ele sobe a bola vem a meia pressão, é difícil segurar ele”, ressaltou. O segundo gol do América foi do atacante Ricardinho.

Com relação ao próximo adversário, Moacir Júnior falou da feliz coincidência do jogo ser um confronto de líderes e num dos  palcos de jogos da Copa, o Mineirão. O jogo contra os goianos marcou a despedida do Coelho no Independência, que na próxima semana será entregue à Fifa para servir como campo de treinamento para as seleções que vão disputar a Copa do Mundo. O técnico espera fazer um treino no local do jogo na segunda-feira.“Jogar no Mineirão não foi uma opção nossa. Preferíamos jogar aqui, em nossa casa, onde conhecemos todos os atalhos. Mas quis o destino que fosse o confronto dos dois líderes e em um estádio que irá receber a Copa do Mundo. Esperamos na terça ir bem nesse confronto, pois os dois times estão muito bem. O Joinville está com um investimento fantástico, mas nós também. Vai ser um grande jogo e espero a ajuda da torcida para mantermos esse rendimento. Conto com o apoio do torcedor mineiro, porque este jogo se tornou uma atração para todos que gostam de futebol”, ressaltou.

Na próxima terça-feira, dia 20, o Coelho volta a atuar na capital contra o Joinville, em jogo previsto para o Mineirão. O alviverde só volta a atuar no Horto no dia 15 de julho, contra o Paraná, em partida válida pela 11ª rodada da Série B.

Hoje, às 10 h, os jogadores voltaram a treinar no CT Lanna Drumond. O time não terá o atacante Ricardinho, expulso no segundo tempo, e o volante Andrei Girotto, suspenso pelo terceiro amarelo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave