Pesquisa, nos EUA, custa em torno de US$ 14

iG Minas Gerais |

Nos EUA, uma pesquisa de informações públicas da Scott-Roberts custa em torno de US$ 14, dependendo do volume. “Se for uma empresa grande, com demanda grande, o preço cai. Por exemplo, no governo, o preço é mais baixo”, diz o fundador, Robert Buchholz.

Aqui no Brasil, o serviço equivalente custará aproximadamente R$ 15. Um levantamento sobre crédito, por exemplo, teria que ser em torno de R$ 14. “Porque tem que pagar ao órgão, o Serasa, para pesquisar tudo o que a pessoa tem, um cheque se foi recusado, o crédito financeiro, e aí entendo que no Brasil vai funcionar da mesma maneira. Depende da quantidade”, conta.

Depois de abrir a unidade de Belo Horizonte, Buchholz quer atuar em todo o Brasil. “Não precisa ter loja física, a sede em BH pode atender o país inteiro”, explica.

Buchholz está otimista com os negócios no Brasil e acredita que pode conseguir um volume de 3.000 a 4.000 consultas por dia, como tem na sede dos EUA. “De BH consigo atender qualquer lugar do país. O importante são conhecimento e experiência que vou trazer para o Brasil”. (HL)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave