Nadal vence Dimitrov e decide com Djokovic em Roma

Espanhol venceu a partida por 2 sets a 0 para assegurar presença na decisão do Masters, torneio que já venceu em sete oportunidades

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Espanhol entrará em quadra em vantagem de 22 a 18 no confronto direto, mas perdeu os últimos três confrontos para Djokovic
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/DIVULGAÇÃO
Espanhol entrará em quadra em vantagem de 22 a 18 no confronto direto, mas perdeu os últimos três confrontos para Djokovic

O Masters 1000 de Roma, disputado em quadras de saibro, será decidido pelos dois melhores tenistas do mundo. Horas depois do sérvio Novak Djokovic sofrer para se garantir na final, o espanhol Rafael Nadal, líder do ranking da ATP, se classificou com facilidade ao derrotar o búlgaro Grigor Dimitrov, número 14 do mundo, por 2 sets a 0, com um duplo 6/2, em 1 hora e 22 minutos.

A vitória deste sábado confirmou o ótimo retrospecto de Nadal diante de Dimitrov, afinal o espanhol havia vencido os quatro duelos anteriores contra o búlgaro. Porém, esta foi a primeira vez que o número 1 do mundo passou pelo oponente sem perder um set.

Agora, neste domingo, Nadal tentará conquistar o título do Masters 1000 de Roma diante de Djokovic. O espanhol entrará em quadra em vantagem de 22 a 18 no confronto direto, mas perdeu os últimos três confrontos, inclusive o único realizado nesta temporada, na decisão do Masters 1000 de Miami.

Neste sábado, Nadal se aproveitou do excesso de erros cometidos por Dimitrov para triunfar. O búlgaro até terminou o jogo com mais winners - 13 a 10 -, mas somou 32 erros não-forçados, diante de apenas 15 do espanhol. Além disso, Nadal converteu quatro de sete break points e se safou nos três que o adversário teve.

Nadal já começou a partida com uma quebra de serviço no primeiro game e em seguida fez 2/0. Com o duelo sob controle, o espanhol obteve nova quebra no sétimo game e depois só precisou confirmar o seu serviço para fechar o primeiro set em 6/2.

A segunda parcial da decisão teve roteiro parecido, novamente com Nadal abrindo 2/0 com uma quebra de serviço no primeiro game. O espanhol ficou muito perto da vitória ao converter outro break point no quinto game e até desperdiçou a chance de fechar o jogo no sétimo game, no serviço de Dimitrov.

Em seguida, porém, Nadal fechou mais uma parcial em 6/2 e o jogo em 2 sets a 0 para assegurar presença na decisão do Masters 1000 de Roma, torneio que já venceu em sete oportunidades - 2005, 2006, 2007, 2009, 2010, 2012, 2013. Nas duas únicas vezes em que não foi campeão do torneio nas últimas nove edições, em 2008 e 2011, o espanhol viu exatamente Djokovic ser campeão.

Leia tudo sobre: tênismasters 1000 de romanadalrafael nadaldjokovic