América tenta voltar à liderança

Coelho defende invencibilidade de quatro jogos em sua partida de despedida do Independência

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Objetivo. Técnico Moacir Júnior garante que o foco do América é se manter entre os quatro primeiros
douglas magno
Objetivo. Técnico Moacir Júnior garante que o foco do América é se manter entre os quatro primeiros

Para tentar retornar à liderança da Série B, o América recebe o Vila Nova-GO hoje, às 16h20, na Arena Independência, em jogo válido pela quinta rodada da competição. A partida vai marcar a despedida do Coelho do Horto, que a partir da próxima semana será entregue à Fifa para servir como centro de treinamento das seleções que vão disputar a Copa do Mundo.

E para superar os goianos, que estão na lanterna do Brasileirão, o time americano confia em seu bom retrospecto no Nacional, com três vitórias e um empate. O alviverde é o vice-líder, com dez pontos, dois a menos que o Joinville, que hoje enfrenta o Atlético-GO.

“Ainda estamos invictos na Série B e não queremos perder essa condição. A liderança é um objetivo paralelo que temos, mas a nossa principal meta é a de permanecer no G-4”, afirmou o técnico Moacir Júnior, que mostrou preocupação com a sequência de seis jogos que o time vai fazer nos próximos 17 dias.

“O tempo é curto por causa da maratona de partidas, mas nós já sabíamos que teríamos essa dificuldade. O nosso foco agora é 200% na Série B, competição em que estamos entre os primeiros colocados, e esperamos manter essa toada contra o Vila Nova-GO”, completou o treinador.

Mesmo com o adversário não passando por uma boa fase, Moacir Júnior espera um jogo complicado contra o Vila Nova-GO, que nesta noite vai ter a estreia do técnico Waldemar Lemos. “Ele é um técnico muito experiente, e a mudança de comando sempre incentiva os jogadores. Vou ficar na torcida para que o Vila Nova-GO consiga se recuperar na competição, mas que não seja contra o América”, declarou o treinador americano, que ainda aguarda pela liberação do meia Tchô, em recuperação de uma contusão no calcanhar, para confirmar o time titular.

“O Tchô vai concentrar e será reavaliado pelo departamento médico. Se for liberado, joga. Caso contrário, o Mancini, que está preparado e bastante motivado, é o substituto imediato”, ressaltou Moacir Júnior. “Faremos nosso último jogo no Independência antes da Copa do Mundo e precisamos mostrar a nossa força em casa. Espero que possamos repetir a mesma atuação que tivemos contra o Ceará, e aproveito para chamar nosso torcedor para nos apoiar”, declarou o treinador americano.

Campanha

No Horto. O América faz hoje o seu 11º jogo no Independência nesta temporada. Entre Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Série B, o clube venceu quatro partidas, empatou quatro e perdeu duas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave