Clima de tensão continua em Recife

iG Minas Gerais |

Recife. Apesar da presença ostensiva de soldados da Força Nacional na Região Metropolitana do Recife e do fim da greve da Polícia Militar, a madrugada de ontem foi marcada por saques e tentativas de arrombamento em diversos pontos da cidade.  

Depois de mais de 150 lojas terem sido saqueadas nas duas cidades durante o período mais crítico da paralisação (noite e madrugada da última quarta para quinta-feira) os comerciantes locais apelaram para a contratação de seguranças privados em larga escala.

No bairro dos Aflitos, assaltantes tentaram roubar uma van escolar e foram impedidos por populares. Minutos depois policiais miliares chegaram ao local e prenderam um dos suspeitos. No bairro de Casa Forte uma padaria e uma farmácia foram roubadas logo que abriram as portas, por volta das 8h.

Após três dias de pânico, bombeiros e policiais militares de Pernambuco decidiram encerrar a greve na noite de quinta-feira, 15. Mesmo assim, a Força Nacional de Segurança permaneceu ontem na Grande Recife.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave