País tem primeira loja dedicada apenas aos jogos independentes

Títulos brasileiros são premiados em festival; “Aritana” é destaque

iG Minas Gerais |

Folclore. O Mapinguari é o grande vilão de “Aritana e a Pena da Hárpia”, do desenvolvedor paulista Duaik Studio
Duaik Studio/Divulgação
Folclore. O Mapinguari é o grande vilão de “Aritana e a Pena da Hárpia”, do desenvolvedor paulista Duaik Studio

SÃO PAULO. A start-up Splitplay inaugurou a primeira loja online do país especializada em jogos independentes brasileiros, que não são produzidos pelos grandes estúdios. A página (www.splitplay.com.br) funciona no modelo do Steam, serviço por assinatura em que o usuário paga para ter acesso ao download de jogos. De forma similar, na loja Splitplay o usuário precisa criar um cadastro e pagar para adicionar um game à sua biblioteca particular, de onde poderá baixá-lo para o computador.

O pagamento poderá ser feito por meio de cartão de crédito nacional, depósito e boleto bancário. “A nossa vontade é ajudar o mercado brasileiro de games a crescer de forma mais estabelecida, com jogos de qualidade”, disse Rodrigo Coelho, um dos fundadores do projeto, em conferência pelo Twitch TV.

Segundo Coelho, os usuários da Splitplay ganharão pontos por cada centavo gasto na loja e, quanto maior a quantidade de pontos acumulados por um perfil, maior o acesso a promoções e sorteios na página.

Os jogos oferecidos pelo site passam por um processo de curadoria antes de serem disponibilizados para venda na loja virtual. “Se o jogo não for aprovado, daremos um feedback para o produtor saber o que precisa melhorar para colocar seu game na loja”, disse Coelho. Para ele, essa é uma forma de os jogos de qualidade não ficarem perdidos no meio de produções menos caprichadas. A ideia dos criadores é que a loja, em um futuro próximo, passe a oferecer também jogos independentes de vários países da América Latina, mas no início o foco será apenas o Brasil. O site foi ao ar com 21 jogos brasileiros no catálogo, com preços que variam entre R$ 2 e R$ 45.

Festival premia. O Brazil’s Independent Games Festival (BIG Festival), que acontece até neste domingo em São Paulo, premiou o game japonês “Nom Nom Galaxy”, do Q-games, como melhor do festival, levando R$ 30 mil. Os brasileiros também tiveram destaque, com “Aritana e a Pena da Harpia”, vencedor da categoria voto popular, “Like a Boss”, eleito o game revelação, e “Jotuheim Project”, do estúdio Prosperity Games, que ganhou a Demonight, seção voltada para jogos inacabados ou ainda em fase de protótipo.

‘StarCraft’ terá Copa América A Blizzard anunciou uma nova edição da Copa América de “StarCraft II”, que dará aos oito melhores jogadores um total de US$ 15 mil em prêmios, sendo US$ 5.000 só para o primeiro lugar. Serão três temporadas online e uma final presencial que acontecerá no Peru, nos dias 25 e 26 de outubro, durante o MásGamers Tech Festival. Qualquer pessoa que possua uma cópia legal do jogo tem participação permitida, só precisam residir em qualquer país das Américas e ter mais de 14 anos. (Da redaçao)

Flash

Sinopse de “Aritana”. Tabata, o cacique de uma tribo de guerreiros, está doente e Raoni, o pajé, cuida dele. Para curá-lo, precisa da pena de uma hárpia, encontrada nas terras do terrível Mapinguari.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave