Facebook tem 30 milhões de perfis abertos de pessoas que já morreram

Relatório da DAS Internacional sugere a criação de uma herança digital para páginas de redes sociais; cada usuário teria direito a escolher se sua conta ficaria visível ou não depois de sua morte e quem ficaria responsável por ela

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Facebook tem 30 milhões de perfis de pessoas mortas em aberto
Facebook tem 30 milhões de perfis de pessoas mortas em aberto

O relatório da DAS internacional aponta que a rede social Facebook tem 30 milhões de perfis abertos no site de pessoas que já morreram. O relatório propõem uma espécie de herança digital para perfis em redes sociais. O texto sugere que cada pessoas escolha se suas páginas ficará visível depois de sua morte e quem deverá ser responsável por ela.  

A empresa pode ter problemas em relação a esses dados, já que quando uma pessoa morre e o perfil dela fica online em um site pode ser entendido que a violação dos direitos à privacidade e à reputação. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave