Agente penitenciário e militar são presos por suspeita de homicídio

Identidade dos suspeitos e o motivo da execução não foram revelados para não atrapalhar as invetigações

iG Minas Gerais | LUCIENE CÂMARA |

Um agente penitenciário aposentado e um policial militar foram presos nesta sexta-feira (16) na cidade de Passo, no Sul de Minas, por suspeita de homicídio. A dupla é acusada de assassinar um homem de 26 anos, em março deste ano, no município.  

Após dois meses de investigação, a polícia conseguiu chegar até a dupla. De acordo com o delegado Marcos Pimenta, que acompanha as investigações, o agente penitenciário foi preso na casa em que morava. Já o policial foi detido no quartel.

Mais informações sobre o inquérito não foram revelados pela polícia. “Visando a não atrapalhar as investigações e em respeito ao segredo de Justiça pelo Poder Judiciário, entendo não ser viável tecer maiores comentários sobre o crime”, declarou Pimenta.

O agente penitenciário aposentado foi encaminhado para o Presídio do município e o militar segue detido no quartel. A prisão é temporária e por 30 dias, podendo ser prorrogada. 

Entenda

Roberto Carlos Nunes de Oliveira foi morto no bairro Jardim Califórnia, depois de ser atingidos por três tiros.  Na época, moradores do bairro escutaram os barulhos dos tiros e de uma moto. 

O motivo da execução não foi divulgado ainda. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave