Operação contra o tráfico de drogas termina com 35 presos em Januária

De acordo com o delegado regional de Januária, grupo agia no entorno de delegacias e batalhões; investigações duraram nove meses

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Suspeitos foram encaminhados para o presídio de Januária
Polícia Civil/Divulgação
Suspeitos foram encaminhados para o presídio de Januária

Uma operação conjunta das polícias civil e militar para combater o tráfico de drogas terminou com 35 presos nessa quinta-feira (15), no Norte de Minas. Após nove meses de investigação, foram apreendidos aproximadamente 20 kg de maconha, um tablete de cocaína, várias pedras de crack e três balanças precisão, além de vários telefones celulares, quatro  motocicletas, uma arma de fogo e munição.

De acordo com o delegado regional de Januária, Raimundo Nonato Gonçalves, a ação foi batizada como “Vicínia”, porque os suspeitos atuavam nas imediações de batalhões e delegacias nos municípios de Januária, Itacarambi e Maria da Cruz. Ainda segundo o delegado, outras quatro pessoas - dois homens e duas mulheres que são da mesma família - foram presas na cidade de São Paulo. Eles eram responsáveis por trazer a droga da capital paulista para Januária, onde as porções de maconha, cocaína e crack eram vendidas.

Ao todo, 196 policiais participaram da operação, que teve o apoio de 42 viaturas e dois helicópteros. Os suspeitos foram encaminhados para o presídio de Januária.

Leia tudo sobre: operaçãonorte de minasjanuáriasão paulo